Pesquisas

Emprego

No Piauí, jovens com ensino médio ocupam quase 70% dos empregos criados

Segundo o Ministério da Economia, das 2.823 vagas criadas em agosto, 1.954 eram de pessoas com ensino médio; 52% tinham de 18 a 24 anos

 
Infográfico mostra geração de empregos entre jovens e com ensino médio (imagens: Caged)

 Infográfico mostra geração de empregos entre jovens e com ensino médio (imagens: Caged)

 
 

Os jovens com ensino médio completo ocuparam 7 a cada dez vagas que surgiram no mercado de trabalho do Piauí no mês de agosto. Segundo o Ministério da Economia, dos 2.823 empregos criados (já excluindo as demissões), 1.954 (69%) foram destinados a pessoas com ensino médio completo. E 1.465 pessoas (52%) tinham entre 18 e 24 anos.

O levantamento mostra também que houve saldo positivo na contratação de trabalhadores menos qualificados, como analfabetos (9 vagas), fundamental incompleto (265 vagas), fundamental completo (208) e ensino médio incompleto (168). Os empregados com menos qualificação foram os mais afetados durante a pandemia em 2020.

 

 

Agosto é o oitavo mês seguido que a geração de empregos no Piauí supera o desemprego. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, o setor que mais gerou emprego naquele mês foi o comércio (1.091 vagas), seguido do setor de serviços (973), construção (500), indústria (255) e agropecuária (quatro).

 


 


Leia mais

Trabalhadores qualificados conseguiram manter o emprego no Piauí em meio à pandemia

94% dos demitidos no Piauí têm, no máximo, ensino médio incompleto

Cinco profissões com maior procura no período pós-pandemia


 

No Brasil, foram 372 mil postos de trabalho criados em agosto

O Brasil registrou um saldo de 372.265 novos trabalhadores contratados com carteira assinada em agosto de 2021. De acordo com o Novo Caged, em agosto, os dados registraram saldo positivo no nível de emprego nos cinco grandes grupamentos de atividades econômicas: serviços (180.660 postos), distribuído principalmente nas atividades de informação, comunicação e atividades financeiras, imobiliárias, profissionais e administrativas (79.832 postos); comércio (77.769 postos); indústria geral (72.694 postos), concentrado na indústria de transformação (69.266 postos); construção (32.005 postos); e agricultura, pecuária, produção florestal, pesca e aquicultura (9.232 postos).

 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINkEDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

Fonte: Agência Brasil

Mais de Pesquisas