Agronegócio

Concessão

Contrato da Transcerrados será assinado no dia 26 de julho

Consórcio Grãos do Piauí ficará responsável pela implantação, recuperação e manutenção nos 276,8 km da estrada.

 
A rota da soja

 A rota da soja

 
 

Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o Piauí ocupa o 6° lugar entre os estados com maiores crescimento na produção de soja na safra de 2021. É nesse contexto positivo que o consórcio Grãos do Piauí vai assumir, através de uma Parceria Público Privada (PPP), a gestão da Rodovia Transcerrados, vital para o escoamento da produção de grãos, promovendo o desenvolvimento e integração dos cerrados piauienses. A solenidade de assinatura do contrato de concessão acontece no dia 26 deste mês, às 9h, no Distrito Nova Santa Rosa (Uruçuí), com a presença da superintendente de PPP Piauí, Viviane Moura, do governador Wellington Dias e representantes do consórcio, além dos produtores de grãos da região.

De acordo com o Levantamento da Safra Agrícola do IBGE, o Piauí produziu este ano 2,745 milhões de toneladas de soja contra 2,447 toneladas colhidos em 2020. “A Transcerrados está localizada na região sul do Piauí, no polo de Uruçuí e Gurgueia. Essa via corta a área considerada o maior potencial de desenvolvimento agrícola dos cerrados brasileiros, com forte destaque para a produção de soja, milho e algodão. É uma demanda urgente dos produtores de grãos que esses trechos sejam recuperados para melhorar o escoamento da produção, desenvolvendo ainda mais a região e gerando mais emprego e renda para a população”, comenta a superintendente Viviane Moura.

A Transcerrados compreende as rodovias PI-397 e PI-262 (estrada da Palestina), cortando 25 municípios. Essa região representa 24,56% da área total do Estado e abriga um contingente de quase 200 mil habitantes. A rodovia se destaca como rota de escoamento dos grãos produzidos no MATOPIBA, território que reúne os cerrados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. Deles, apenas o Tocantins apresentou redução na produção de soja (-6,3%) este ano, os demais apresentam aumentos expressivos.

A Grãos do Piauí ficará responsável pela implantação, recuperação e manutenção nos 276,8 km da estrada. A perspectiva de investimento para obras e aquisição de equipamentos é de R$ 650 milhões ao longo de 30 anos. Desse total, está previsto como investimento inicial o valor de R$ 186 milhões, nos primeiros dois anos após assinatura do contrato.

O Piauí teve uma produção da safra deste ano de 5.716.437 toneladas de grãos, com um crescimento de 5,4% em comparação com a produção de 2020, que foi de 4.907.198 toneladas de grãos. “O Piauí é o maior produtor de milho do Nordeste, um produto da cesta básica que é muito comercializado na região. A perspectiva é que a produção dobre com a implantação da Transcerrados, então é incontestável a geração de emprego e renda para o estado que essa estrada vai trazer”, explicou o Rafael Maschio, diretor-executivo da Aprosoja-PI.

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINkEDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

Fonte: CCOM-PI

Mais de Agronegócio