Carreira & Gestão Pública

Steam TechCamp

Piauí é selecionado em programa de ensino de robótica em parceria com os EUA

A iniciativa é da Embaixada dos EUA no Brasil e beneficiará o Estado com o envio de kits de robótica e capacitação de professores na área

 

 

 
 

O ensino de robótica nas escolas públicas do Piauí vai ganhar novo incentivo. O Estado foi selecionado no Programa Steam TechCamp Brasil, uma iniciativa da Embaixada dos EUA no Brasil, em parceria com o Laboratório de Sistemas Integráveis Tecnológico (LSI-TEC) e apoio da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo (Poli-USP).

 

O objetivo é formar professores multiplicadores para articular e aprimorar ações existentes e elaborar e implantar novas ações voltadas à aprendizagem ativa de Steam (Abreviação de Science, Tecnologies, Engineering, Arts and Mathematics) nas redes públicas de educação básica do Brasil. A robótica torna o aprendizado mais atrativo e prático, resultando em melhor rendimento do alunado.

 

Serão distribuídos kits de robótica para 50 professores da Rede Estadual de Ensino que lecionam no interior no Estado. As atividades têm previsão de acontecer em setembro deste ano para formar professores líderes de ações escolares nas disciplinas atendidas pelo programa, com potencial e liderança para articular e aprimorar ações existentes e já desenvolvidas.

 

“Todos os anos eles selecionam gestores da rede estadual e um professor e neste ano conseguimos submeter o projeto e foi aprovado. Agora, vamos aplicar com professores da Seduc e 50 receberão, cada um, um kit de robótica”, explicou o líder projeto na Seduc, Izael Araújo Lima. Além dele, a professora do Centro Estadual de Educação Profissional de Tempo Integral Cândido Borges Castelo Branco, em Campo Maior, Maria Beatriz Dias Coutinho, é colíder do projeto no Piauí.

 

“O objetivo dessa formação é que os professores não fiquem confusos com esse novo Ensino Médio que será um desafio para todos. Isso visa termos uma educação de qualidade para os nossos jovens, principalmente os mais carentes e que moram em regiões de baixo desenvolvimento humano. Desta forma, estaremos contribuindo para a implementação do currículo do Piauí, principalmente referente aos Itinerários de Ciências da Natureza e de Matemática”, explicou Izael.

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINkEDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

Fonte: Seduc

Mais de Carreira & Gestão Pública