Agronegócio

Commodities

Agronegócio fará PIB do Piauí crescer quase 4% em 2021, prevê estudo

A região do Cerrado, que faz parte do Matopiba, é responsável pela alta produção de grãos

 
A soja é o carro-chefe da produção de grãos no Piauí (Foto: Kleber Airantes/Secom)

 A soja é o carro-chefe da produção de grãos no Piauí (Foto: Kleber Airantes/Secom)

 
 

O agronegócio deverá impulsionar a economia piauiense em 2021 e amenizar os efeitos da pandemia. Segundo projeção realizada pela MB Associados, empresa de consultoria que presta serviços na área de análise macroeconômica, o PIB do Piauí deverá crescer este ano 3,99%, acima da média nacional estimada para o mesmo período (3,17%). Os dados foram divulgados pelo site G1.

 

No caso do Piauí, o bom resultado reflete uma combinação acertada de fatores complexos. O agronegócio pujante, com foco na produção de soja, é um dos destaques na economia. Segundo o IBGE, a produção de grãos no estado deve chegar a 5,4 milhões de toneladas de grãos em 2021, um aumento de 10,4%, em relação ao total obtido em 2020, que foi de 4,9 milhões.

 


Leia mais

Tese de doutorado vira fintech de agronegócio no Piauí

 

Área plantada do Matopiba alcançará 8,9 milhões de hectares até 2030

 

Bom Jesus vai ganhar agência bancária especializada em agronegócio


 

A consultoria, de acordo com o G1, estima que as novas fronteiras agrı́colas que foram surgindo, especialmente na região do Mapitoba (Maranhão, Piauı́, Tocantins e Bahia), ajudam a contar a narrativa de desenvolvimento desses estados. Para o período de 2010 a 2022, a MB prevê que a alta do PIB do Estado seja de 34,5%, a segunda maior do país, quatro vezes maior que a média nacional no mesmo tempo.

 

Para o coordenador do PRO Piauí, secretário de Fazenda, Rafael Fonteles, "é sinal de que estamos no caminho certo do desenvolvimento, do crescimento econômico, da geração de emprego”.

 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINkEDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

Fonte: Governo do Piauí e G1

Mais de Agronegócio