Comércio & Serviços

Tecnologia

Domínio de internet: publicitário piauiense explica que empresas devem fazer o registro

Arimatéia Quinto, da Companhia das Marcas, diz que é necessário padronização e profissionalismo para ser encontrado nos sites de buscas

 
Arimateia frisa sobre importância de registrar o domínio do nome da empresa na web (Reprodução)

 Arimateia frisa sobre importância de registrar o domínio do nome da empresa na web (Reprodução)

 
 

Ao pensar e criar uma marca para a internet, a primeira providência que deve ser feita é o domínio virtual, ou seja, o endereço físico do site. Ele nada mais é do que aquela informação que se digita no espaço em branco do navegador para acessar o website. É através deste endereço que os consumidores chegarão à marca. Mas, como é feito esse registro?

 

No Brasil, para adquirir o domínio de internet com final “.com.br” é necessário comprá-lo pelo portal Registro.BR. Assim, o titular passará a ter o direito de propriedade sobre o domínio desejado sem ser impedido, por terceiros, de utilizá-lo. Já para o registro de domínio com o final “.com”, deve-se buscar sites especializados, como UOL Host, Godaddy, entre outros.

 

O publicitário piauiense Arimatéia Quinto, da Companhia das Marcas, pontua que ter um site facilita o acesso do consumidor à marca, além desta possibilitar apresentar seu produto e/ou serviço ao público, chegando a usuários em diversas partes do Brasil e até do mundo. Mas, para isso, é necessário que a empresa siga uma padronização e tenha profissionalismo, garantindo maior credibilidade ao público e visibilidade, inclusive nas buscas feitas no Google.

 

“Antes de ter um site é preciso dar um nome, e esse nome/endereço é o que chamamos de domínio de internet. A partir disso, é possível direcionar melhor as pessoas para determinado conteúdo e promover a marca da pessoa ou empresa. Após adquirir o domínio de internet, a titularidade passa a ser do seu comprador, vinculado ao CPF ou CNPJ”, explica.

 

Vale destacar que a vigência de propriedade sobre um domínio de internet pode ser feita a partir do período de um ano ou mais, conforme o desejo do interessado. No período de renovação do domínio, caso o interessado não pague o valor referente à prorrogação de uso, este voltará a ficar disponível para que outras pessoas/empresas possam adquiri-lo.

 

Para saber se o domínio que deseja já está sendo utilizado por uma pessoa ou empresa, basta fazer uma busca na base de dados do site Registro.BR., para final “.com.br” ou em sites, como UOL Host ou Godaddy, para final “.com”. Ao acessar essas plataformas, a pessoa tem acesso a uma barra de pesquisa no qual é possível digitar o nome do domínio de seu interesse.

 

“No Brasil, na hora de adquirir domínio com final “.com.br”, deve-se recorrer somente ao portal do Registro.BR, ligado ao Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), que é o responsável por coordenar e integrar as iniciativas e serviços da internet no País. Já em relação aos domínios com final “.com” e afins, deve-se recorrer a sites confiáveis, para evitar cair em golpes”, completou Arimatéia Quinto.

 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINkEDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINkEDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

Mais de Comércio & Serviços