Artigos & Colunas

Opinião

Quatro habilidades necessárias para surfar nas ondas emocionais da bolsa de valores

Essas aptidões vão lhe permitir administrar melhor os riscos que fazem parte de um mercado tão instável

 
 
 

Olá, espero que você esteja bem!

 

O mercado de ações sendo explicado de forma simples significa a procura e a oferta de ações na bolsa de valores.

 

Assim, quando a procura está maior que a oferta (mais gente comprando do que vendendo), os preços das ações sobem, o mercado se valoriza.

 

Já quando a oferta está maior que a procura (mais gente vendendo do que comprando), os preços das ações caem e o mercado se desvaloriza.

 

Uma pergunta importante é: o que faz o mercado subir e descer? O que é capaz de afetar o "humor" do mercado fazendo com que esse mercado se comporte como um mar agitado?

 

A resposta: são os eventos! Acontecimentos que influenciam as expectativas de ganhos e de perdas dos investidores.

 

Não espere por atitudes racionais, em momento de estresse no mercado, uma reação psicológica rotineira e instintiva é a "fuga da dor". Existem dois vieses aí, a fuga da dor (sofrimento) de não ganhar o suficiente, nesse primeiro viés "altista", temos a ambição desmedida assumindo o controle do processo de tomada de decisão sobre os investimentos. Você pode aqui perceber movimentos de compra no mercado superando as vendas.

 

O segundo viés nesse contexto é a fuga da dor da perda (prejuízo), esse é um viés de queda, onde você pode observar investidores inundando as plataformas de negociação das corretoras de "ordens de venda" de ações. Igualmente reação emocional na tomada de decisão.

 

Existe uma frase muito conhecida no mercado: "A bolsa sobe no boato e caí no fato"!

 

Nesse mercado estão em choques estratégias de longo, de médio e de curto e até curtíssimos prazos, grandes investidores (tubarões), pequenos investidores (sardinhas), investidores de perfis conservadores, moderados e agressivos, empresas que buscam se capitalizar, são exemplos de jogadores nesse mercado (players).

 

Esse mercado é regulamentado e monitorado pela CVM (Comissão de Valores Mobiliários), que atua para garantir o funcionamento eficiente e íntegro do mercado de capitais brasileiro. Existe ordem no aparente caos!

 

Diante de tudo exposto acima, para surfar nas "ondas emocionais" da bolsa de valores, as habilidades que você precisa são:

 

1. Operacional: domínio da plataforma de home broker da corretora de valores;

 

2. Analítica: leitura de tela, entendimento de como o jogo funciona, entender o comportamento dos outros players;

 

3. Comportamental: controle das suas emoções como medo, ganância, ansiedade, hesitação;

 

4. Gerencial: identificar seu perfil, seus objetivos, metas, estratégias, fontes de informações etc.

 

Essas habilidades vão lhe permitir administrar melhor os riscos que fazem parte de um mercado tão instável e para desenvolver essas habilidade não tem atalho.

 

Se estiver interessado, te desejo bons estudos!

 

 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

 

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

 

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

                                           

TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

 

LINDEKDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

Fonte: Fernando Galvão - economista, professor e conselheiro do Conselho Regional de Economia do Piauí

Mais de Artigos & Colunas

Negócio da China

Fundos imobiliários

Negócio da China