Comércio & Serviços

Cultura

Polo Cerâmico do Poty Velho receberá investimento em projetos e divulgação

Atualmente, o Polo conta com 51 uma lojas, cada uma com sua oficina de produção e espaço de queima

 
A secretária da Semest, Gessy Fonseca, o gerente executivo, Anderson Emanuel, visitaram o Polo Cerâmico do Poty Velho (Foto: Ascom/Semest)

 A secretária da Semest, Gessy Fonseca, o gerente executivo, Anderson Emanuel, visitaram o Polo Cerâmico do Poty Velho (Foto: Ascom/Semest)

 
 

O Polo Cerâmico do Poty Velho, localizado na zona Norte de Teresina, é um dos principais pontos turísticos e típicos da Capital. O local tem sua importância cultural e econômica na região, especialmente para a população ribeirinha.


 
A secretária municipal de Economia Solidária, Gessy Fonseca, o gerente executivo, Anderson Emanuel, visitaram o polo e destacaram que pretendem atuar ativamente na elaboração de ações e projetos para o Polo Cerâmico do Poty Velho, de forma a dar mais visibilidade ao local. Eles conversaram com os artesãos e, dentre as principais queixas, estão a divulgação e reconhecimento da atividade, além da infraestrutura e aquisição de matéria-prima.

 

O secretário executivo, Anderson Emanuel, ressaltou a importância da visita. “De antemão vamos buscar parcerias, com as demais secretarias municipais, para solucionar os problemas de infraestrutura e aquisição de matéria-prima. Vamos avançar na questão educacional, pois o artesanato do Pólo Cerâmico faz parte da história de Teresina; e revitalizar e ampliar, já que há o interesse de outras pessoas em exercer a atividade”, completou.

 

Para a coordenadora da Cooperativa de Artesanato do Poty Velho (Cooperart-Poty), Raimunda Teixeira da Silva, nada melhor para fortalecer uma parceria do que o gestor conhecer de perto a realidade do grupo. “Foi muito importante a secretária ter vindo com sua equipe e ouvido cada artesão e suas necessidades. Ficamos muito felizes em recebê-los e temos certeza que vamos fortalecer essa parceria”, disse.

 

A secretária Gessy Fonseca reforçou a atuação da Semest na divulgação do trabalho à população, por meio de mídias digitais, TVs, entre outros, e pontuou a autonomia dos artesãos na produção e comercialização das peças de artesanato. “Eles, artesãos, sugeriram que tivesse folhetos do Polo Cerâmico nos hotéis, algo muito acessível pra gente fazer. Em seguida, assim que possível, viabilizar as feiras e dar mais visibilidade para que a economia do polo cerâmico possa ser fortalecida e haja um desenvolvimento econômico maior para a região e moradores”, pontuou.

 

Reconhecimento no exterior

O artesão Antônio Carlos Oliveira Filho começou a desenvolver a atividade ainda jovem, em 1989. Por sua experiência, foi convidado a ir para a Itália auxiliar instrutores no manuseio do barro. A experiência lhe propôs adquirir conhecimento de novas técnicas de acabamento, padronização, preparo da argila e a esmaltação das peças. O artesão conseguiu desenvolver sua própria técnica de pintura.

 

Com mais de 30 anos no artesanato, ele pode proporcionar uma vida melhor para sua família através do seu trabalho. “Comprei uma casa boa, um carro, pude ajudar minha mulher a se formar, além de proporcionar uma boa educação para meus filhos”, ressaltou.

 

Polo Cerâmico do Poty Velho

No Polo Cerâmico está a maior expressão do artesanato de Teresina, as cerâmicas. A atividade desenvolvida pelos ribeirinhos desde a década de 1970 faz parte do patrimônio imaterial cultural da Cidade, reconhecida no exterior. Além de gerar emprego e renda para mais de 280 famílias, segundo a Cooperativa de Artesanato do Poty Velho (Cooperart-Poty).

 

O Polo Cerâmico do Poty Velho conta com 51 uma lojas, cada uma com sua oficina de produção e espaço de queima. Todo o processo de criação, desde a extração da argila, é realizado pelos artesãos. A Cooperart – Poty, que possui 39 artesãs, gera mensalmente, cerca de R$5 mil a R $8 mil reais.

 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

 

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

 

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

                                           

TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

 

LINDEKDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

 

Fonte: Prefeitura de Teresina

Mais de Comércio & Serviços