Pesquisas

Boa notícia

Indústria reage e empregos no Piauí crescem após três meses de queda

Alta foi de 0,11%, o que indica retomada da economia

 
Com a geração de 920 empregos em junho, indústria puxou a economia (Gráfico: Gaged)

 Com a geração de 920 empregos em junho, indústria puxou a economia (Gráfico: Gaged)

 
 

Puxada pela indústria, a economia do Piauí apresentou melhora no mês de junho e, pela primeira vez desde fevereiro, o número de empregos no estado voltou a crescer. Segundo o Ministério da Economia, o saldo positivo no Piauí foi de 0,11% no mês passado (306 mais admissões do que demissões).

 

Embora muito tímida, a alta interrompe queda nos empregos em março (-0,17%), abril (-2,06%) e maio (-1,21%), meses afetados pela crise do novo coronavírus, que obrigou várias empresas a interromperem suas atividades para reduzir o risco do contágio do vírus entre a população.  

 

Após três meses de queda, o emprego voltou a crescer no Piauí em junho (Gráfico: Caged)

 

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério da Economia, em junho a indústria criou 920 empregos, seguida da construção (71) e agropecuária (69). Já as áreas de serviço e comércio continuaram demitindo, com 436 e 318 vagas a menos, respectivamente.

 

O economista Fernando Galvão explica que a retomada de empregos significa que começamos a sair do fundo do poço. Ele diz que a indústria, por ser um setor motriz (tem ligações técnicas com outras cadeias produtivas), estimula geração de empregos em outras áreas. “Esse setor depende de insumos, de matéria-prima para produzir, e isso tem efeito na retomada dessas atividades”, frisa.

 

O mesmo modo ocorre com a construção civil, que necessita de outros produtos para funcionar, como cimento e outros materiais.

 

Desde janeiro até junho, o setor industrial no Piauí vem demitindo mais que admitindo. Com exceção de fevereiro, em todos os demais meses as demissões vinham sendo constantes. Já a construção civil só conseguiu registrar saldo negativo em junho, após cinco meses gerando desemprego.

 

Três meses seguidos de demissão foram interrompidos pela geração de 920 novas vagas em junho no setor industrial do Piauí (Gráfico: Caged)

 


Leia mais

Durante pandemia, 95% das construtoras tiveram aumento no preço do cimento

Após três meses, 80 mil piauienses retornam ao trabalho nesta segunda

Crise perde força e 14 mil empresas do Piauí aumentam o faturamento

 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINDEKDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

YOU TUBE

👉🏾 https://www.youtube.com/channel/UCqRed2t13tL6AreY3vMcAwA

Mais de Pesquisas