Artigos & Colunas

Fundos imobiliários

Imóvel do Extra Hiper Teresina é mais um vendido ao fundo imobiliário

O TRXF11 agora possui dois imóveis situados em solo teresinense

 
 
 

O texto de hoje é uma atualização do que foi publicado aqui na coluna em 03/06/2020. Confira: Fundo imobilário chega do Piauí

 

Conforme noticiei naquela oportunidade, o TRX REAL ESTATE FII (TRXF11) formalizou um Instrumento Particular de Compromisso de Compra e Venda de Imóveis com o Grupo Pão de Açúcar, “tendo por objeto a compra de 43 (quarenta e três) imóveis localizados nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Mato Grosso do Sul, Distrito Federal, Goiás, Bahia, Sergipe, Pernambuco, Piauí e Paraíba, pelo valor total de R$ 1.245.885.000,00 (um bilhão, duzentos e quarenta e cinco milhões, oitocentos e oitenta e cinco mil reais), para posterior locação de tais Imóveis ao Pão de Açúcar, ao Assaí Atacadista, ao Mercado Extra e ao Extra Hipermercados, pelo prazo de 15 (quinze) anos”.

 

Nesse sentido, em 29/05/2020, o TRXF11 informou ter concluído a aquisição de 05 imóveis, entre os quais “1 loja varejista localizada na cidade de Teresina/PI (...), a qual é operada sob a bandeira ‘Pão de Açúcar’”. Tratava-se do primeiro imóvel em Teresina adquirido por um fundo imobiliário.

 

Informei, também, que, ao tomar conhecimento desta aquisição, entrei em contato com os gestores do fundo, por e-mail, e questionei se havia a possibilidade/intenção de o fundo adquirir outros imóveis aqui em Teresina ou em outra cidade do Piauí. A resposta enviada pela gestão foi no sentido de que ainda havia pelo menos mais um imóvel localizado em Teresina no pacote negociado com o Grupo Pão de Açúcar.

 

Ocorre que, no dia 29/06/2020, o TRXF11 divulgou novo documento informando ter concluído a aquisição e locação de mais 07 imóveis, entre os quais uma loja varejista localizada na cidade de Teresina/PI, operada sob a bandeira “Extra Hipermercados”, situada na Avenida Presidente Kennedy.

 

Com essa nova aquisição, os imóveis situados em solo teresinense passam a responder por 9,63% da receita do fundo.

 

De minha parte, como alguém que está tentando difundir o conhecimento sobre os fundos imobiliários, vejo essas notícias com muita relevância, pois tais aquisições aproximam o investimento da nossa realidade, tornando-o mais palpável.

 

Lembrando que tenho um vídeo no meu canal do YouTube sobre esse assunto, gravado na época da primeira aquisição, que você pode conferir no seguinte link: https://youtu.be/8jKI_z3gwyU

 

Na descrição do vídeo você encontra o link para as minhas redes sociais. Não hesite em mandar a sua pergunta, através dos comentários do vídeo ou pelas redes sociais. A sua dúvida pode ajudar outras pessoas também.

 

Por fim, destaco que todos os detalhes das aquisições de imóveis do Grupo Pão de Açúcar pelo TRXF11 estão consolidados no último relatório gerencial divulgado pela gestora do fundo (ref. ao mês de junho/2020), disponível para download no link: https://www.trxf11.com.br/list.aspx?idCanal=YxuLv1rWnYVtrab1vVY7AA==&ano=2020

 

* Disclaimer: Conteúdo meramente informativo. Não se trata de recomendação de investimento.

 


Leia mais

Imóvel do Pão de Açúcar em Teresina é vendido para fundo imobiliário

Fundo imobiliário chega ao Piauí

 


 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINDEKDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINkEDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

Fonte: João Ricardo Imperes Lira - investidor

Mais de Artigos & Colunas