Comércio & Serviços

Mercado

Imóvel do Pão de Açúcar em Teresina é vendido para fundo imobiliário

Operação de R$ 1,2 bilhão envolve outras 42 unidades do grupo em mais nove estados do Brasil

 
O imóvel do Pão de Açúcar localizado na Homero com Dom Severino (Foto: Google)

 O imóvel do Pão de Açúcar localizado na Homero com Dom Severino (Foto: Google)

 
 

O imóvel de 2.994 m2 onde funciona o supermercado Pão de Açúcar, no cruzamento da Avenidas Homero Castelo Branco e Dom Severino*, em Teresina, foi vendido para o fundo imobiliário TRX Real Estate FII (TRXF 11). A operação faz parte de um negócio bilionário entre o fundo e o Grupo Pão de Açúcar (GPA), e envolve mais 42 unidades do GPA em outros nove estados do Brasil. Ao todo, o negócio vai movimentar R$ 1,2 bilhão. A informação foi divulgada pelo investidor João Ricardo Imperes Lira, em sua coluna “Fundos Imobiliários”, neste Piauí Negócios.

 

A compra dos imóveis é para posterior locação dos mesmos para estabelecimentos do próprio GPA, como Pão de Açúcar, Assaí Atacadista, Mercado Extra e Extra Hipermercados, pelo prazo de 15 anos. A operação, em que o proprietário vendo o imóvel que está ocupando e imediatamente, aluga este imóvel, é chama de “sale and leaseback”, com explica Imperes Lira neste artigo.

 

Dos 43 imóveis do GPA envolvidos na negociação com o TRXF 11, cinco já foram vendidos, um deles o de Teresina. Segundo João Ricardo Imperes Lira, é o primeiro imóvel na capital do Piauí adquirido por um fundo imobiliário. “A meu ver, isso traz o investimento em fundos imobiliários para a realidade piauiense, torna o nosso estudo mais palpável”, afirma o investidor.

 

O que mais chamou a atenção de Imperes Lira é que o TRXF possui imóveis em um dos poucos segmentos da economia que tem demonstrado resiliência neste período de isolamento social: o setor de supermercados, incluindo alguns centros de distribuição (imóveis logísticos e de varejo). “Por se tratar de uma atividade essencial, os supermercados permanecem em pleno funcionamento, de modo que o fundo, apesar de recente (iniciou em 15/10/2019), parece estar se posicionando muito bem no mercado, mesmo durante a crise sanitária que vivenciamos atualmente”, explica o colunista do Piauí Negócios.

 

A Imperes Lira, a administração do TRXF11 afirmou, por e-mail, que o fundo tem planos de ser um dos maiores e mais pulverizados fundos do mercado, preservando sempre a qualidade do portfólio e dos inquilinos (risco de crédito).

 

O Grupo Pão de Açúcar é o maior grupo de varejo alimentar da América do Sul. Segundo o site institucional do GPA, o grupo possui mais de mil lojas e é a maior empregadora do varejo no Brasil, com mais de 110 mil colaboradores(as) em 20 estados e o Distrito Federal.

 

(*Esta matéria foi atualizada às 21h30, para acréscimo de novas informações)

 

Leia mais sobre o assunto:

Fundo imobiliário chega ao Piauí

Tipos de contratos de fundo imobilário

 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINDEKDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

FACEBOOK

👉🏾 https://www.facebook.com/pinegocios

INSTAGRAM

👉🏾 https://www.instagram.com/pinegocios

 TWITTER  

👉🏾 https://twitter.com/@negociospiaui

LINkEDIN

👉🏾 https://www.linkedin.com/company/piauí-negócios/

Mais de Comércio & Serviços