Artigos/Blogs

Opinião

O que esperar no âmbito de investimento para o ano de 2024?

 
 
 
 

Para 2024, o cenário de investimentos no Brasil apresenta perspectivas diversas e desafios significativos. Aqui estão alguns pontos principais a considerar:

1. Crescimento Econômico: O Brasil enfrenta desafios de produtividade em setores como indústria e serviços, com o agronegócio sendo a exceção. A expectativa é de um crescimento potencial de 1,5% a 2%. Um crescimento acima de 2% seria atípico e provavelmente não se repetiria nos anos seguintes. A reforma tributária, caso aprovada, poderia aumentar esse potencial de crescimento.

2. Bolsa de Valores: Há expectativas positivas para o Ibovespa em 2024. Algumas projeções indicam que o índice poderia alcançar cerca de 142 mil a 145 mil pontos, impulsionado pela continuidade da queda da taxa Selic e pelo bom desempenho de setores como alimentos, saneamento, transportes e agronegócio. Existe uma relação imediata entre taxa de juros e a performance dos ativos de renda variável.

3. Setor Agropecuário: O agronegócio tem sido um setor robusto na economia brasileira e é possível ver uma melhora nos resultados das empresas do setor para o ano de 2024, e recuperação nas ações, as quais foram severamente afetadas devido à queda no preço da proteína animal assim como o elevado volume de dívida e ativos diferidos fiscais, o que tem comprometido a rentabilidade dos frigoríficos.

4. Inflação e Taxa Selic: Há uma expectativa de continuidade no ciclo de queda da taxa Selic em 2024, assim como no desaquecimento da inflação, o que pode contribuir para o crescimento do consumo e investimento por parte de famílias, empresas e governo. Entretanto, o ritmo dessa queda de juros irá depender da capacidade do governo em cumprir com o arcabouço fiscal, assim como o comportamento da política monetária por parte do FED. Destacamos empresas presentes em setores resilientes, com baixo endividamento, elevada geração de caixa e baixa necessidade de capital para repor sua base de ativos, e que possuam uma rentabilidade operacional (ROIC) acima da métrica CDI+3%.

5. Com o crescimento do Estado do Piauí por diversas iniciativas que estão sendo feitas, acredita-se que seja o momento oportuno para se conhecer o mercado financeiro e entender que ele pode ser um aliado na hora de captação e investir os lucros obtido dos projetos. Existe um forte distanciamento entre a população local e conceitos básicos de finanças e gestão de investimentos, o que abre uma grande oportunidade para consultores de recursos, cujos profissionais possuem o maior grau de alinhamento de interesses com seus clientes.

Em suma, o ano de 2024 para o Brasil no âmbito de investimentos será marcado por um equilíbrio entre oportunidades e desafios, exigindo dos investidores uma atenção especial à evolução da economia global, política fiscal e taxas de juros, tanto no cenário doméstico quanto internacional.

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

Fonte: Jonas Carvalho - CEO da Hike Capital

Tags

sem tags

Mais de Artigos/Blogs