https://organik.tebingtinggikota.go.id/produk/luar/https://organik.tebingtinggikota.go.id/pulsa/https://sentuhandukcapil.tebingtinggikota.go.id/luar/https://sso.umk.ac.id/public/jsonn/https://www.inovadoor.com.br/https://sso.umk.ac.id/public/spaces/https://sso.umk.ac.id/public/posts/https://sso.umk.ac.id/public/document/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/toto-slot/https://mawapres.iainptk.ac.id/wp-content/apps/https://sso.umk.ac.id/public/plugin/https://sso.umk.ac.id/public/amp/https://159.203.61.47/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/config/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/jpg/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/tmb/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/kmb/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/amp/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/restore/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/vendor/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/file/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/vps-root/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/files/https://sso.umk.ac.id/public/analog/https://sso.umk.ac.id/public/etc/https://sso.umk.ac.id/public/bulk/https://138.197.28.154/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/json/https://dema.iainptk.ac.id/scholar/https://wonosari.bondowosokab.go.id/wp-content/upgrade/https://untagsmg.ac.id/draft/https://sso.umk.ac.id/public/web/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/data/https://sso.umk.ac.id/public/right/https://sso.umk.ac.id/public/assets/https://dpmptsp.pulangpisaukab.go.id/themess/https://dpmptsp.pulangpisaukab.go.id/wp-content/luar/https://sso.umk.ac.id/public/tmp/https://sso.umk.ac.id/public/font/https://dema.iainptk.ac.id/assets/https://dema.iainptk.ac.id/root/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/assets/https://dema.iainptk.ac.id/wp-content/nc_plugin/https://gem.araneo.co.id/https://mawapres.iainptk.ac.id/mp/https://152.42.212.40/https://mawapres.iainptk.ac.id/wp-content/nc_plugin/https://mawapres.iainptk.ac.id/wp-content/pages/https://admpublik.fisip.ulm.ac.id/wp-content/luar/https://env.itb.ac.id/wp-content/pul/https://env.itb.ac.id/wp-content/luar/https://env.itb.ac.id/vendor/https://sikerja.bondowosokab.go.id/font/https://pmb.kspsb.id/gemilang77/https://pmb.kspsb.id/merpati77/https://disporpar.pringsewukab.go.id/wp-content/filess/https://pmnaker.singkawangkota.go.id/filess/https://triathlonshopusa.com/https://websitenuri77.blog.fc2.com/

Agropecuária

projeção

Matopiba: municípios do Piauí devem liderar crescimento de produção nos próximos dez anos

Ribeiro Gonçalves e Santa Filomena se destacam entre os 15 municípios da região

 
 
Nos últimos dez anos, a produção de grãos no Matopiba aumentou em 93% (Foto: Antônio Neto/Embrapa)

 Nos últimos dez anos, a produção de grãos no Matopiba aumentou em 93% (Foto: Antônio Neto/Embrapa)

 
 

Os municípios de Ribeiro Gonçalves e Santa Filomena, no Cerrado piauiense, deverão liderar o crescimento na produção de grãos na fronteira agrícola do Matopiba nos próximos dez anos. Segundo as estimativas da pesquisa ‘Projeções do Agronegócio’, divulgada pelo Ministério da Agricultura e Pecuária (Mapa), a produção de Ribeiro Gonçalves crescerá 44,7% no período, alcançando 1 milhão de toneladas de grãos na safra 2032/2033, e em Santa Filomena o salto será de 39,9%, batendo 343 mil toneladas. 

O estudo do Mapa avaliou a perspectiva de crescimento da produção agrícola dos 15 principais municípios do Matopiba, região formada por parte dos estados do Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia e que atualmente é a quarta maior produtora de grãos do país.  Entre os cinco com melhor resultado, três são piauienses e dois, baianos.

Dentre os demais municípios do Piauí que fazem parte do Matopiba, Bom Jesus deverá ter um crescimento de 38,9% em sua produção de grãos para os próximos dez anos. Em seguida vem Uruçuí, que terá variação de 35,9%, saindo de 510 mil para 693 mil toneladas. Baixa Grande do Ribeiro, por sua vez, crescerá 31,7%. 

 

Nos últimos dez anos, a produção de grãos no Matopiba aumentou em 93%, e essa tendência deve continuar a crescer. As projeções indicam que, em 2032, a produção de grãos na região atingirá aproximadamente 47,8 milhões de toneladas, alta de 37,1%.

A principal cultura na região é a soja, cuja área plantada também vai aumentar – a previsão é de 27,5% no próximo decênio. O Piauí será um dos estados a serem beneficiados, tendo em vista que, em 2022, Baixa Grande do Ribeiro, por exemplo, se destacou como o 20º maior produtor de soja do Brasil.


Leia também

Entenda como São Raimundo Nonato superou Picos na produção de mel

Produção de grãos no Piauí cresce 11,3% e alcança 6,69 milhões de toneladas


O estudo oferece ainda estimativas para o final deste ano. O Valor Bruto da Produção Agropecuária (VBP) no Piauí, que reflete o faturamento bruto das atividades produtivas (todas as culturas), deve atingir R$ 12 bilhões, o que representa um aumento de 100% em seis anos.  Entre as 27 unidades da Federação, o Piauí ocupa o 15º lugar em produção agrícola.

Em nível nacional, o VBP deve atingir R$ 1,150 trilhão em 2023, o maior valor registrado em 34 anos. Isso representa um crescimento de 2,7% em comparação ao ano anterior, impulsionado pelo recorde na safra de grãos.
 

Siga o Piauí Negócios nas redes sociais

Mais de Agropecuária