Agronegócio

Perspectivas

Coronavírus não afetará exportação de grãos do Piauí

Como 70% da soja já foi comercializada, possível redução de demanda terá pouco impacto

 
O consultor Danilo Moura, falando para produtores em Uruçuí (Foto: divulgação)

 O consultor Danilo Moura, falando para produtores em Uruçuí (Foto: divulgação)

 
 

Os reflexos do novo coronavírus não afetarão a exportação da soja no Piauí. O fato de os produtores já terem comercializado cerca de 70% da produção protege o setor de uma possível redução de demanda da China, país epicentro da doença.

 

A análise foi feita pelo consultor Danilo Moura, da INT FCStone, durante 1º Workshop Tendências do Agro, realizado na semana passada, em Uruçuí, pela Associação dos Produtores de Soja do Piauí (Aprosoja-PI). “Em relação às exportações de soja o risco é mínimo, dado que a gente tem uma comercialização já bem avançada no Estado. Mas a gente sabe que o coronavírus pode reduzir demanda”, afirmou.

 

Durante todo o dia produtores ouviram e debateram vários temas relacionados ao agronegócio. Associativismo Empresarial, mecanismos de controle social, marcos fundiários, tendências do mercado da soja e do milho e o dólar, tributação no agronegócio, deliberação e processo legislativo, direito do trabalho, recuperação, transferência de crédito, seguro agrícola e conectividade no campo foram os temas abordados no evento.  O workshop contou com a parceria da Agrosul e Estogran e participação de várias autoridades do Piauí, como os deputados membros da Frente Parlamentar da Agropecuária do Piauí; Henrique Pires, presidente, Zé Santana, Gustavo Neiva e do presidente da Assembleia, Themístocles Filho.

 

Para o presidente da Aprosoja Piauí, Alzir Neto, o evento superou todas as expectativas de público. “O evento foi um sucesso e procuramos trazer discussões importantes para os produtores questões importantes, questões de mercado, de seguro, trazer as novas tecnologias para o produtor, questão fundiária e questões políticas também, para neste ambiente de produtores, empresários e gestores a gente tentar avançar. Foi apenas o primeiro, pretendemos realizar mais eventos como este”, afirma Alzir Neto.

 

A produtora Rosangela Werner, da Cooperativa Nova Santa Rosa, que fica a cerca de 140km de Uruçuí, foi uma das participantes do evento e elogiou a iniciativa da Associação. “É uma oportunidade muito importante de adquirirmos conhecimento e espero que novos eventos assim aconteçam e que a participação do produtor e das mulheres cresça cada vez mais”, ressaltou.

 

Fonte: Ascom Aprosoja-PI

Mais de Agronegócio